Eu testei

Review Canon Powershot SX510Hs

canonpowershotsx510hsblack

Hoje reservamos um post especial para nossos leitores. Chegou às nossas mãos uma nova câmera digital modelo Powershot SX510 Hs, da Canon. Aproveitamos a oportunidade para fazer um exclusivo unboxing deste modelo (no final do post), que promete boas fotos, mesmo para os iniciantes.

O que vem na caixa

Ao abrirmos a caixa, vemos que as câmeras digitais estão emprestando a simplicidade das embalagens de celular. Uma caixa simples, e apenas os acessórios mínimos para fazê-la funcionar.

A Canon Powershot SX510 HS vem com uma tampa para a lente (com cordão), uma cinta para transportar a câmera no pescoço, carregador de bateria e cabo, a própria bateria, e um cartão de memória SD de 8GB.

Nota-se a falta do cabo mini USB, que felizmente é padrão e fácil de se encontrar, além do cabo de audio e vídeo – que pode ser adquirido à parte. Também não vem nenhuma bolsa ou acessório para transporte da câmera, o que eu recomendo fortemente utilizar, para proteger seu investimento.

Primeiras impressões

A Canon Powershot SX510 HS é uma câmera localizada entre as categorias de Bridge e SuperZoom. Para ser considerada Bridge (intermediária entre as compactas e as profissionais), deveria ter gravação de foto em formato RAW, o que não possui. No entanto existem recursos interessantes que a deixam bem distante de uma simples câmera compacta.

Seu corpo, todo preto com manopla de apoio para as fotos, não deixa dúvidas que é feita para quem aprecia fotografia e procura o melhor apoio na hora de tirar suas fotos. Outro item que se destaca é o grande corpo da lente, que avança até o zoom ótico de 30x, apesar disto, o corpo da câmera (que dá suporte a lente) é mais compacto que o de outras câmeras do mesmo tipo.

Canon_Powershot_Sx510_3pics
Nota-se o tamanho compacto do corpo, exceto a lente, na figura do alto. Abaixo, a SX510 HS vista de cima, e com a lente totalmente aberta, de lado.

Na parte de baixo da câmera encontram-se as entradas para bateria e cartão de memória, e a rosca de encaixe para tripés – note que não é possível trocar a bateria/cartão com a câmera instalada no tripé, devido a proximidade destes dois itens.

Na parte traseira, além dos botões comuns à câmeras deste porte, encontra-se uma brilhante tela de 3 polegadas, o único recurso para visualizar seu trabalho, já que não existe viewfinder neste modelo. Note também que o Flash desta câmera é do tipo pop-up, ou seja, você ativa ou desativa levantando a capa sobre a lente, como na foto abaixo.

Canon_PowerShot_SX510_back
Tela da SX510 HS, botões menu, disp, ultima foto e configurações, além do Dial para seleção de itens dos menus, e o botão gravar (vermelho)

 Qualidade das fotos

Se você até hoje só tirou fotos com câmeras compactas e do tipo ‘automática’, pode se tranquilizar, as fotos da Canon Powershot SX510 HS são muito superiores em qualquer aspecto.

Entre os próprios produtos Canon, a SX510 apresenta algumas evoluções perante sua antecessora a Powershot SX500 HS. A Canon trabalhou ouvindo seus consumdores e buscou reduzir o que se chama de ‘ruído’ nas fotos, aquela sujeirinha que aparece em baixa luminosidade. Para isto, a resolução desta máquina foi reduzida de 16Mp (modelo SX500 HS) para 12.1 Mp (lembre-se, mais megapixels, mais ruído). O ruído nas fotos é apenas leve, e em configuração ISO elevada (a partir de 800), o que se traduz em fotos melhores, em condições de menos luz.

Na prática, esta diferença só vai fazer alguma falta se você quiser imprimir fotos realmente grandes, como posters. Para a grande maioria, esta mudança irá beneficiar, com fotos que ocupam menos espaço, e de maior qualidade.

Outra troca bem-vinda é o sensor ótico (que agora é modelo CMOS), o que permite mais agilidade e qualidade nas capturas.

Canon_Powershot_SX510_Foto_Noite
Mesmo em ambientes noturnos, o sensor da SX510 garante fotos como esta.

Graças ao estabilizador de imagem IS, mesmo fotos em zoom avançado são tiradas com o mínimo de trepidação. Isto também vale para os vídeos, que estabilizados, ficam com aparência menos amadora. Aliás a lente desta câmera de 24mm permite tanto fotos de perto com grande ângulo de abertura, quanto fotos bem distantes com boa qualidade e sem distorções. O Zoom digital se extende para além dos 30x óticos e permite alcançar até 60x de ampliação (30 do ótico, mais 30 do digital).

Modos de cena

A Canon Powershot SX510 HS também conta com modos de cena, que permitem tirar fotos com efeitos especiais, ou mesmo configurações pré-definidas.

Os modos Auto e Live permitem fotos rápidas com configurações seguras, que atendem a maior parte dos ambientes. Com a diferença que o ‘Auto’ determina o cenário e aplica as configurações automaticamente, e o Live permite ajustar 3 itens principais (claridade da foto, nitidez e saturação) com grande facilidade.

canon_powershot_sx510_dial

Também estão presentes o modo de cena (onde escolhem-se algumas pré-definições como ‘fogos de artifício’, ‘miniatura’,’ cores vivas’, entre outras), há também o modo Discreto (onde a foto é tirada sem flash nem sons capturados, além dos modos manuais (M, AV e TV cada um priorizando um aspecto manual da foto). O modo vídeo também está presente, mas ele pode ser acessado rapidamente por um pequeno botão vermelho, nas costas da câmera, o que facilita a troca entre foto e filmagem.

Não é um modo de cena propriamente dito, mas algo que achei muito interessante é a configuração de self-timer nesta máquina. Além dos modos comuns (2 segundos, 10 segundos, quando aparecer rosto na foto), há um modo de 10 segundos que tira 3 fotos em sequência, o que ajuda tanto na hora de reunir muitas pessoas, quanto também dá uma segunda chance caso o fotógrafo não chegue a tempo. A Canon também comenta que é possível acionar o disparador da câmera por meio de aplicativo Android/IOS, isto nos não testamos, mas vale a informação.

A depor contra a Canon Powershot SX510 HS, temos a falta de gravação das fotos em RAW, além da ausência do modo panorâmico de fotos, e das fotos em HDR (com brilho e contraste realçados). Nada que não possa ser resolvido com software, mas certamente dá bem mais trabalho.

Outros recursos interessantes

Resolvi listar alguns recursos que eu gostei na câmera, aleatoriamente.

Wi-fi – A SX510 permite conversar via Wi-fi com outros aparelhos (celulares, câmeras) e também permite envio para o Canon Image Gateway, um serviço que armazena suas imagens na nuvem.

Filmagem HD – A Filmagem pode ser em 1090p (Full Hd) ou em 720p além de VGA, para uso em websites. O zoom e o estabilizador de imagens funcionam também na filmagem.

Auxiliar de zoom – Quando está com zoom aberto, as vezes perdemos o foco do que estamos buscando. Há um botão no lado da lente, que permite voltar a cena principal, sem perder o zoom. Muito útil para se localizar na cena e continuar a foto.

Fotos em sequência – Há um modo de foto que permite tirar fotos na sequência, e depois escolher a melhor. As fotos ficam armazenadas como um ‘set’ de imagens, para ser visto depois.

Fotos ‘tipo miniatura’ – Cria fotos com o efeito ‘tilt shift’, como se fossem maquetes. Muito fácil de usar.

O melhor fica para o final…

Temos abaixo o unboxing desta câmera, e a demosntração da navegação dos menus, para você leitor amigo que está pensando em adquirir uma câmera deste modelo.

Confira no vídeo abaixo como foi a experiência inicial com a Canon Powershot SX510 HS.

 

É isso ai pessoal, espero que tenham gostado. Deixem suas dúvidas ou comentários logo abaixo.

Até a próxima!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Translate »